Promotor polonês tenta se suicidar

O promotor polonês Mikolaj Przybyl tentou se suicidar ontem com um tiro na cabeça em Varsóvia. Momentos antes, ele se retirara apressadamente de uma entrevista coletiva na qual defendeu a investigação de jornalistas pelo vazamento de detalhes do inquérito da morte do presidente Lech Kaczynski, em um acidente aéreo na Rússia em 2010.

VARSÓVIA, O Estado de S.Paulo

10 de janeiro de 2012 | 03h05

Przybyl foi levado a um hospital e, segundo o procurador-geral da Polônia, Andrzej Seremet, não corre risco e deve se recuperar. O presidente polonês, Bronislaw Komorowski, disse estar "preocupado" com o incidente.

Hoje na oposição, partidários de Kaczynski acusam o governo de ter tramado com o Kremlin o acobertamento das causas do acidente. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.