Promotores querem que Strauss-Khan faça acareação

Promotores franceses vão pedir acareação entre o ex-diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Khan, e a escritora francesa, Tristane Banon, de 32 anos, que o acusa de tentativa de estupro, informaram os advogados nesta sexta-feira.

Agência Estado

23 Setembro 2011 | 05h29

Tristane alega que Strauss-Khan, de 62 anos, pré-candidato à presidência da França pelo Partido Socialista, a teria trancado em um apartamento em Paris, em 2003, e investido contra ela. O ex-diretor do FMI já admitiu ter feito "um avanço" sobre a escritora, mas nega o uso da violência. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.