Promotoria revista instalações de ONG

Promotores russos revistaram ontem escritórios da ONG Anistia Internacional em Moscou, na mais recente da série de ações contra entidades do gênero - ocorrida após o presidente Vladimir Putin retornar para o Kremlin, em maio, e assinar uma lei contra "agentes estrangeiros". Ativistas pelos direitos humanos denunciam assédio de Estado. Já Moscou afirma que a nova legislação é necessária para evitar espionagem. "Essa inspeção não foi planejada", afirmou Serguei Niktin, diretor da Anistia Internacional na Rússia. / REUTERS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.