Proprietário de rádio é assassinado em Atenas

Grupos terroristas já mataram dois donos de veículos de comunicação em 35 anos

Efe,

19 de julho de 2010 | 05h51

ATENAS - O jornalista Sotiris Giolias, diretor-geral da emissora de rádio Zema 9.89, foi morto a tiros nesta segunda-feira, 19, em sua residência, nos arredores de Atenas, informam fontes policiais.

Giolias, de 37 anos, morreu após receber dez tiros de uma ou duas armas, segundo as primeiras informações. Os atiradores não foram identificados.

No local do crime, a polícia encontrou outras 15 cápsulas de balas. Além disso, os policiais encontraram a dois quilômetros de distância um carro abandonado e queimado, roubado há dias, que poderia ter sido usado pelos atiradores para fugir.

Nos últimos 35 anos, grupos terroristas mataram dois proprietários de veículos de comunicação na Grécia. Por isso, a polícia grega mobilizou agentes para a proteção de alguns diretores e magnatas da imprensa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.