Prossegue onda de seqüestros no Haiti

O porta-voz da divisão policial da Missão da ONU para a Estabilização do Haiti (Minustah), Marc Jacquet, informou na quinta-feira que 241 pessoas foram seqüestradas no país apenas no mês de dezembro. "Nos últimos oito meses, 623 pessoas foram vítimas de seqüestros no Haiti, principalmente na capital Porto Príncipe", acrescentou Jacquet.No mês de janeiro de 2006, 30 pessoas foram seqüestradas na capital haitiana, de acordo com o porta-voz. Segundo ele, foi criada uma unidade para combater os seqüestros, formada por 28 pessoas, membros Minustah e da Polícia Nacional Haitiana.A Minustah confirmou a morte, na quinta-feira, de dois "capacetes azuis" jordanianos e disse que outro ficou gravemente após confronto entre tropas da ONU e grupos armadas no bairro de Cité Soleil, em Porto Príncipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.