Protesto contra Berlusconi reúne 200.000 em Roma

Mais de 200 mil pessoas se reuniram hoje no centro de Roma para protestar contra uma nova lei que está sendo discutida pelos deputados. Proposta por um aliado do primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, a nova lei daria ao acusado o direito de pedir um novo julgamento se houver "uma suspeita legítima" de que o juiz era tendencioso.Liderados pelo diretor de cinema Nanni Moretti, os manifestantes acusaram a medida de favorecer diretamente o primeiro-ministro, permitindo que ele escape da acusação de suborno de juízes. Berlusconi está em Washington, onde se reuniu hoje com o presidente dos EUA, George W. Bush, para conversar sobre uma possível ação militar contra o Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.