Protesto contra guerra promete reunir milhares nos EUA

Os organizadores de um protesto contra uma possível guerra dos EUA contra o Iraque, a ser realizado no final de semana, prometeram hoje que a manifestação reunirá milhares de pessoas em Washington, e será o maior protesto contra a guerra desde a Guerra do Vietnã. A manifestação vai coincidir com protestos semelhantes em São Francisco e em várias cidades do mundo, incluindo Berlim, Londres, Cidade do México, Roma e Tóquio. Os organizadores prevêem que, juntas, as manifestações devem atrair centenas de milhares de pessoas."Vamos organizar uma oposição enraivecida e ruidosa, da mesma forma que fizemos na Guerra do Vietnã", disse Brian Becker, co-diretor do Centro de Ação Internacional, um dos vários grupos que fazem parte da coalizão organizadora, Resposta Internacional. Em abril passado, a coalizão Resposta Internacional promoveu uma manifestação pró-palestina em Washington, um dos vários protestos que aconteceram durante as reuniões de primavera do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.