Protesto contra missão de paz deixa 1 ferido

Pelo menos uma pessoa ficou ferida ontem em Porto Príncipe durante marcha pedindo a saída das forças de paz da ONU (Minustah) do Haiti. A polícia haitiana usou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar as cerca de 300 pessoas que participavam da violenta manifestação. O protesto foi desencadeado pelo escândalo de abuso sexual de um jovem haitiano por soldados uruguaios que fazem parte da missão.

, O Estado de S.Paulo

15 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.