Protesto contra os EUA no Paquistão deixa cinco feridos

Cinco pessoas se feriram neste domingo quando muçulmanos que manifestavam contra o vídeo que insulta o profeta Maomé chocaram-se com a polícia em uma tentativa de alcançar o consulado dos Estados Unidos em Karachi, a maior cidade do Paquistão.

Reuters

16 de setembro de 2012 | 14h36

Em quatro dias de protesto contra o vídeo, embaixadas dos EUA e da Europa, negócios e uma escola foram atacados na Líbia, Tunísia, Iêmen e Egito.

Em Karachi, cerca de mil manifestantes começaram a atirar pedras e a polícia respondeu com gás lacrimogêneo e tiros para o alto. Dois policiais e três manifestantes se feriram.

(Reportagem de Katharine Houreld)

Tudo o que sabemos sobre:
PAQUISTAOPROTESTOFERIDOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.