Protesto contra Taleban reúne mais de mil afegãos

Manifestação protestava contra a morte de 26 civis por militantes do grupo fundamentalista no sul do país

Agência Estado e Associated Press,

24 de outubro de 2008 | 18h57

Mais de mil pessoas gritaram palavras de ordem contra o movimento fundamentalista Taleban no leste do Afeganistão nesta sexta-feira, 24, protestando contra a morte, nesta semana, de 26 homens da sua comunidade por militantes no sul do país. A manifestação no leste da província de Laghman foi um dos maiores protestos contra o Taleban desde a queda da milícia fundamentalista linha-dura após a invasão americana, no final de 2001.   Fotos: AP   No domingo passado, o Taleban parou um ônibus no sul da província de Kandahar, no distrito de Maiwand, uma área controlada pelos militantes, e matou 26 dos passageiros. Seis deles foram decapitados. Um porta-voz do Taleban disse que os passageiros do ônibus foram atacados porque integravam as forças de segurança do Afeganistão. Funcionários afegãos negaram que os passageiros fossem soldados, militares ou policiais e afirmaram que o Taleban fez uma matança de civis inocentes que estavam em viagem em busca de trabalho no vizinho Irã. Centenas de milhares de afegãos cruzam ilegalmente a fronteira com o Irã todos os anos em busca de asilo ou de trabalho.  

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoprotestoTaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.