Protesto deixa mais de 140 feridos no Cairo

Grupos de homens armados com facas atacaram ontem manifestantes que protestavam pelo fim do governo da junta militar. Mais de 140 pessoas ficaram feridas nos confrontos. Forças de segurança atiraram bombas de gás lacrimogêneo para dispersar a multidão. Os manifestantes exigem a transição para um governo civil e o julgamento de ex-funcionários do regime de Hosni Mubarak.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.