Protesto deixa um policial morto em Bangladesh

Manifestantes nas proximidades da capital de Bangladesh, Daca, queimaram uma delegacia durante um protesto hoje contra um planejado novo aeroporto, segundo funcionários. Pelo menos uma pessoa foi morta e dezenas ficaram feridas durante os confrontos com a polícia.

AE, Agência Estado

31 de janeiro de 2011 | 12h08

Os manifestantes bloquearam uma importante rodovia no distrito de Munshiganj a fim de protestar contra o plano do governo de construir o Aeroporto Internacional de Bangabandhu que, segundo os moradores, vai retirar suas propriedades e destruir terras produtivas, disse o chefe de polícia local, Shafiqul Islam. Motiur Rahman, um policial de 45 anos, morreu após ser levado a um hospital de Daca, disse Islam.

O governo do primeiro-ministro Sheikh Hasina é o responsável pelo planejamento do aeroporto, que em seu nome faz referência ao líder da independência do país, Sheikh Mujibur Rahman, que era pai do atual premiê e foi morto junto com membros de sua família em um golpe em 1975, após Bangladesh tornar-se independente do Paquistão, em 1971. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Bangladeshprotestosmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.