Protesto na Venezuela deixa dois feridos

Centenas de opositores ao presidente venezuelano, Hugo Chávez, protestaram hoje em um bairro pobre da cidade de Maracay, a 100 quilômetros a oeste de Caracas para reclamar a realização de um plebiscito sobre o governante. Duas pessoas - um policial e um repórter - ficaram levemente feridas por agressões atribuídas a simpatizantes do governo. Militares da Guarda Nacional e policiais dissolveram os grupos violentos com bombas de gás lacrimogêneo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.