Protesto por condenação de líder mata mais 16

O governo de Bangladesh enviou o Exército à cidade de Bogra, ao norte de Daca, para conter os choques entre a polícia e simpatizantes de um partido islâmico que ontem deixaram 16 mortos. Ao menos 60 pessoas foram mortas nos protestos iniciados na semana passada contra a condenação à morte de Delwar Hossain Sayede, de 73 anos, por crimes cometidos durante a Guerra de Independência, em 1971.

O Estado de S.Paulo

04 de março de 2013 | 02h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.