Protesto reúne pelo menos 700 mil em Roma

Cerca de 700.000 pessoas protestaram neste sábado contra o terrorismo e a política social do governo de Silvio Berlusconi, informou a polícia italiana. Segundo organizadores, chegava a 2 milhões o número de manifestantes. A manifestação reuniu italianos de todo o país, que se concentraram no Circo Máximo, coração da cidade histórica de Roma. Um minuto de silêncio foi respeitado em memória do assessor do governo, Marco Biagi, supostamente assassinado pelo grupo terrorista Brigadas Vermelhas na quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.