Protestos aumentam no Egito

Furiosos com a recusa do presidente Hosni Mubarak em sair do poder, manifestantes já se aglomeram na praça Tahrir, no Cairo.

BBC Brasil, BBC

11 de fevereiro de 2011 | 08h18

Manifestantes prometem para esta sexta-feira protestos em massa ao redor do Egito. Centenas já aglomeram na praça Tahrir, no centro do Cairo.

Militares garantem a segurança do palácio presidencial Oruba.

Um grupo também cerca o palácio presidencial Oruba. Quando está na capital, Mubarak costuma usar o palácio como sua residência.

Militares com tanques e arame farpado garantem a segurança do palácio Oruba.

Em seu discurso na quinta-feira à noite, Hosni Mubarak afirmou que transferirá parte de seus poderes a seu vice, Omar Suleiman, mas não especificou quais poderes exatamente.

Momentos depois, Suleiman também fez um pronunciamento televisionado, no qual disse que os protestos já surtiram resultados no caminho rumo à democracia e que por isso os manifestantes deveriam deixar a Praça Tahrir.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
Egitoprotestomanifestação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.