Protestos contra conflito no Iraque incomodam descanso de Bush

O presidente americano, George W.Bush, não conseguiu escapar do fantasma do Iraque durante seu finalde semana de descanso no estado do Maine, onde centenas demanifestantes protestaram hoje contra a guerra no país árabe. Vários meios de comunicações locais, assim como a rede detelevisão "ABC", destacaram neste sábado a realização de uma manifestação nacidade de Kennebunkport, onde se encontra a residência de verão dopai do atual presidente americano. Os pacifistas, que apóiam a causa de Cindy Sheehan, a "mãepacifista" mais conhecida dos EUA, foram ao local com tambores ecartazes para protestar contra o conflito no Iraque. Uma pesquisa realizada este mês pelo instituto Ipsos assinala quesó um terço dos americanos respalda a gestão presidencial no Iraque. O presidente chegou na quinta-feira passada a Kennebunkport parauma visita de quatro dias à mansão com vista para o mar construídapor seu bisavô há mais de um século. Esta é a primeira vez que George W. Bush vai à residência deKennebunkport em dois anos, e o motivo, como na última ocasião, éuma cerimônia de casamento na família. Antes de começar a jornada de descanso na quinta-feira, opresidente se reuniu com as famílias de cinco soldados assassinadosno Iraque, no Afeganistão, e no Pentágono durante os atentados de 11de setembro de 2001.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.