Protestos contra desapropriação deixa um morto na China

Um camponês morreu e vários ficaram feridos, um deles em estado crítico, após serem agredidos por homens quando protestavam contra uma desapropriação de terras no sul daChina, informou nesta sexta-feira, 23, a rádio Free Asia.O incidente aconteceu na terça-feira em uma pequena ilha do deltado rio Pérola, na província de Cantão, quando vários camponeses"desarmados" foram agredidos indiscriminadamente ao protestarem devido à desapropriação de terrenos pelas autoridades para um projeto imobiliário.Segundo os camponeses, as indenizações oferecidas pelas terrasestavam abaixo dos preços do mercado, mas não restou outra opção senão aceitar, devido às pressões."A situação é muito complicada em Cantão. Todas asdesapropriações de terra são ilegais", disse uma testemunha doconfronto.Segundo números oferecidos na quinta-feira pelo Ministério daTerra e Recursos chinês, o uso ilegal da terra aumentou 17,3% em2006, para 130 mil casos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.