Protestos já deixaram 320 policiais feridos

Pelo menos duas pessoas morreram e 320 policiais ficaram feridos por causa dos graves distúrbios que ocorrem desde terça-feira na Argélia, informou o ministro do Interior argelino, Dahou Ould Kablia. A população revoltou-se com a súbita alta de preços de produtos básicos no começo da semana e organizou grandes manifestações nas principais cidades do país magrebino. As duas mortes foram registradas em Argel e na cidade vizinha de Msila.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.