Protestos marcam 2º aniversário de revolta

Milhares de tunisianos protestaram contra o governo ontem, exatamente dois anos após a derrubada do ditador Zine al-Abidine Ben Ali, episódio que desatou a chamada Primavera Árabe. Mais de 8 mil manifestantes seculares se reuniram em frente ao Ministério do Interior, em Túnis - mesmo local dos protestos contra Ben Ali -, para denunciar a suposta imposição do Islã pelo governo eleito em 2011.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.