Protestos mundiais contra prisão de Nobel

Ativistas com máscaras da líder pró-democracia birmanesa AungSan Suu Kyi manifestaram-se ontem em várias partes do mundo,incluindo Brasília, para marcar os 12 anos de prisão em Mianmar da Nobel da Paz. Seis mulheres que também receberam oprêmio escreveram uma carta publicada em The Guardian pedindoa libertação de Suu Kyi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.