Protestos na Tailândia exigem renúncia de primeiro-ministro

O estado de emergência na Tailândia não foi suficiente para dissuadir milhares de pessoas de protestar contra o primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, em Bangkok, neste domingo.Milhares protestaram contra o governo, exigindo a renúncia de Thaksin enquanto os partidos de oposição ao governo preparam um boicote às eleições nacionais. Os protestos foram motivados pelas acusões de abuso de poder e corrupção envolvendo o primeiro-ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.