Protestos paralisam julgamento de 86 por golpe na Turquia

O barulho causado pelos manifestantes dentro e fora do tribunal paralisou ontem o primeiro dia de julgamento, em Istambul, de 86 pessoas acusadas de conspiração para derrubar o atual governo turco. Os réus, supostamente parte de uma rede nacionalista de esquerda, a Ergenekon, estariam planejando atentados a bomba e assassinatos para 2009. O julgamento será retomado quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.