Mazen Mahdi/Efe
Mazen Mahdi/Efe

Protestos por reformas políticas no Bahrein já deixaram 4 mortos

Polícia e Exército usaram balas de borracha e gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes; 100 pessoas ficaram feridas

Efe,

17 de fevereiro de 2011 | 05h22

CAIRO - Pelo menos quatro pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas nesta quinta-feira, 17, quando a polícia e o Exército do Bahrein investiram contra milhares de manifestantes reunidos no centro da capital Manama para pedir reformas políticas e melhorias econômicas, informou uma ONG.

Veja também:

linkJornalista americano denuncia ataque em repressão policial no Bahrein

O presidente da Associação da Juventude do Bahrein para os Direitos Humanos, Mohammed al-Maskati, assegurou que as forças de segurança empregaram munição real além de balas de borracha e gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes, que se concentram na praça Lulu há duas noites.

Tudo o que sabemos sobre:
Bahrein, protestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.