Protestos violentos se espalham pelo país

Manifestantes sul-africanos lançaram ontem pedras contra a polícia, que respondeu com bombas gás lacrimogêneo e balas de borracha em bairros pobres de Johannesburgo, Cabo Ocidental e na região de Mpumalanga, noroeste do país. Mais de cem pessoas foram presas desde a semana passada. Os violentos protestos pelos deficientes serviços básicos e o desemprego vem se espalhando pela África do Sul, trazendo à memória os ataques xenófobos contra estrangeiros no ano passado que deixaram 62 mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.