Provável ossário de irmão de Jesus é danificado

Um ossário antigo que poderia ser a mais antiga ligação arqueológica sobre a existência de Jesus foidanificado aparentemente quando seguia de Israel para o Canadá, informaram nesta sexta-feira funcionários do Museu Real de Ontário. "Algumas consultas estão sendo feitas", disse Marilynne Friedman, promotora do museu.Segundo ela, o ossário chegou danificado ao museu, mas ela não informou o grau de dano causado à peça nem se o incidente ocorreu durante o transporte.O ossário, que deverá ser exposto a partir de 16 de novembro no Museu Real de Ontário, contém a seguinte inscrição em aramaico: "Tiago, filho de José, irmão de Jesus."Se, como acreditam alguns estudiosos, a peça e a inscrição forem autênticas, será o primeiro artefato físico do século I diretamente relacionado a Jesus.A inscrição confirmaria relatos do Novo Testamento segundo os quais Jesus teve um irmão, Tiago. A tradição diz que Tiago é filho de José, marido de Maria, a mãe de Jesus.Porém, os nomes Jesus, José e Tiago eram comuns na época e é possível que a inscrição seja uma referência a outro Jesus que não o de Nazaré.O ossário pertence a um colecionador israelense. Sua existência foi revelada no mês passado pela revista norte-americana Biblical Archaeology Review.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.