Província pede apoio a Ocidente

Os albaneses de Kosovo pediram ontem aos governos do Ocidente para que "respaldem urgentemente" sua luta por independência. "Depois de oito anos de incerteza, o povo de Kosovo necessita urgentemente de clareza sobre seu futuro", afirmaram, num comunicado conjunto, líderes do governo e da oposição da província.Os políticos repetiram seu compromisso com o plano para uma "independência supervisionada", incluindo sua oferta de autonomia para a minoria sérvia, qualificando-a como "uma base sólida para levar Kosovo e a região na direção de um futuro luminoso". A Rússia bloqueou a adoção desse plano no Conselho de Segurança da ONU. O comunicado divulgado indica que o governo e o Parlamento da província "têm a intenção de trabalhar em coordenação " com os "sócios internacionais para estabelecer o status de Kosovo".Nesta semana, líderes da União Européia devem anunciar que estão prontos para assumir a supervisão de Kosovo, que atualmente está sob observação da ONU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.