PSUV planeja emenda para reeleição de Chávez

O porta-voz do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Willian Lara, levantou ontem a possibilidade de propor uma emenda constitucional que permita ao presidente venezuelano, Hugo Chávez, lançar-se candidato nas eleições presidenciais de 2012, de acordo com o jornal El Universal, de Caracas. A proposta de reeleições indefinidas estava incluída na reforma constitucional rejeitada no referendo de 2 de dezembro. "Depois (das eleições regionais) temos um grande desafio pela frente, que vamos assumir com plena força: a emenda para consultar o povo venezuelano sobre a possibilidade de o presidente Chávez ser candidato em 2012", disse Lara, ao falar sobre os planos do partido para depois da eleições de prefeitos e governadores, em novembro. A oposição acusa Chávez de tentar aprovar por outros mecanismos as reformas rejeitadas em dezembro. Em janeiro, ele já havia falado sobre a possibilidade de submeter seu mandato a um referendo revogatório em 2010 e consultar a população mais uma vez sobre a reeleição ilimitada nessa ocasião. CASO DA MALETA Ainda ontem, um juiz argentino pediu a captura internacional do ex-vice-presidente da PDVSA Daniel Uzcátegui. Ele foi implicado no "caso da maleta", em agosto, quando um empresário venezuelano desembarcou em Buenos Aires com US$ 790 mil não declarados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.