PT compara ação militar ao ''nazismo''

O Partido dos Trabalhadores (PT) qualificou os ataques israelenses contra civis na Faixa de Gaza de "terrorismo de Estado" e "prática típica do Exército nazista". O comunicado oficial, assinado pelo presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, e publicado no site do partido na internet, no dia 4, foi criticado pela sede regional da organização judaica Centro Simon Wiesenthal, em Buenos Aires. O Centro qualificou o comunicado de "escandaloso". A Federação Israelita do Estado de São Paulo, por sua vez, recebeu com indignação a nota do PT .

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.