Punxsutawney Phil vê a sombra. É o Dia da Marmota

Boas novas para esquiadores. Más notícias para banhistas. O mais famoso meteorologista peludo de mundo viu sua sombra nesta gélida manhã de segunda-feira, Dia da Marmota, prevendo mais seis semanas de inverno.Mike e Anne Castledine, um casal de aposentados de Derbyshire, Inglaterra, pegaram a febre da marmota depois de assistirem o filme cult, de 1993, Groundhog Day (O Dia da Marmota), estrelado por Bill Murray, e quiseram experimentar eles mesmo.?Ficamos completamente obcecados depois de assistir o filme?, disse Anne. De volta para casa, ?não haverá realmente experiência que se compare?. Antes do momento crítico, a animada multidão, alguns ostentando gorros de pele de marmota ou mesmo casacos inteiros, berrava:``Phil! Phil! Phil!´´ Era o coroamento do espetáculo da queima de fogos e uma longa noite de rock, que só terminou na hora de a cerimônia começar.E Punxsutawney Phil, a marmota profeta de Gobblers Knob, Punxsutawney, Pensilvânia, viu sua sombra às 7h20, hora local.A tradição está enraizada numa superstição alemã que diz que se o animal, que está hibernando, lançar sombra no dia 2 de fevereiro ? o dia católico da purificação da Virgem Maria ? o inverno vai demorar a acabar. Se não se vir nenhuma sombra, a primavera, segundo a lenda, chegará mais cedo.O Dia da Marmota também significa muita folia, embora o álcool tenha sido proibido em Gobbler´s Knob, exatamente o local onde a marmota Punxsutawney Phil faz sua proclamação. A música e a dança duram toda a noite e a população da cidade, por volta de 6.700 pessoas, cresce para até o recorde de 40.000, no ano passado. Como, neste ano, o Dia da Marmota caiu numa segunda, a multidão reduziu-se consideravelmente, embora a festa ainda inclua sete casamentos.?Não tem importância se ele vê sua sombra?, diz Bill Cooper, presidente do Punxsutawney Groundhog Club. ?É uma festa popular.?Don Yoder, professor emérito de folclore da Universidade da Pensilvânia, documenta a crescente popularidade do dia em seu livro Groundhog Day, de 2003. ?É um feriado secular, não religioso. É um feriado divertido entre o ano-novo e a Páscoa?, ele diz. ?É mais importante que o Dia dos Namorados.?A fama do feriado cresceu, Yoder concorda, é claro que por causa do filme, em que Bill Murray é obrigado a reviver infidavelmente o mesmo único dia. Mais de uma dezena de Estados celebram o dia com seus próprios critérios, incluíndo Dixie Dan no Mississippi, Buckeye Chuck em Ohio e Gen. Beauregard Lee na Geórgia.?Nós incentivamos os imitadores?, diz Mike Johnson, do Punxsutawney Groundhog Club. ?Imitação é uma forma sincera de elogio. Mas não há nenhuma dúvida na cabeça de ninguém, se estiver acordado e sóbrio, de quem é o ?Vidente dos Videntes?, o ?Profeta dos Profetas?.?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.