Putin compara Lenin a relíquias religiosas

O presidente russo, Vladimir Putin, comparou a múmia de Lenin, exposta em Moscou, às relíquias religiosas mais valiosas do país. Putin afirmou que não se pode esquecer do passado soviético ou relegar a segundo plano as "raízes" da Rússia.

O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2012 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.