Alexei Nikolsky/AP
Alexei Nikolsky/AP

Putin culpa EUA e aliados por crise na Ucrânia

Para líder russo, Ocidente se considera vencedor da Guerra Fria e tentar impor sua vontade na região

O Estado de S. Paulo

09 de fevereiro de 2015 | 09h17

O presidente russo, Vladimir Putin, culpou os Estados Unidos e seus aliados por ter provocado a crise na Ucrânia, ao tentar impor sua vontade ao país. Em entrevista ao jornal egípcio Al Ahram, Putin disse que a crise no país "é resultado das tentativas dos EUA e seus aliados ocidentais, que se consideram 'vencedores' da Guerra Fria, de "impor por toda parte sua vontade". 

"Em reiteradas ocasiões advertimos aos EUA e seus aliados sobre as nefastas consequências que teria uma intromissão nos assuntos internos da Ucrânia", disse em entrevista ao veículo egípcio, na véspera da visita oficial que fará hoje ao país. Segundo Putin, os países do Ocidente quebraram a promessa de não expandir a Otan e forçaram os países europeu a escolherem entre eles e a Rússia.

Putin voltou a insistir que a condição fundamental para estabilizar a situação na Ucrânia é um cessar-fogo imediato das hostilidades, em especial "da chamada operação antiterrorista (do Exército ucraniano), que não é mais do que uma operação punitiva".

A entrevista ao Al Ahram parece ter sido feita antes da reunião entre Putin, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente francês, François Hollande, em Moscou na sexta-feira. Os líderes acordaram ainda uma reunião em Minsk, capital da Bielo-Rússia, com o presidente ucraniano, Petro Poroshenko. De acordo com a Chancelaria alemã, os quatro países estão trabalhando em uma solução ao conflito, que não se limitará a cessar temporariamente as hostilidades. 

Segundo dados das Nações Unidas, mais de 5.300 pessoas já morreram no conflito que há dez meses assombra regiões do leste da Ucrânia./ EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.