Viktor Klushin/AP
Viktor Klushin/AP

Putin decreta dia de luto na Rússia após queda de avião com 92 a bordo

Não houve sobreviventes no acidente com a aeronave, que levava militares, jornalistas e integrantes de famoso coro do exército russo

O Estado de S.Paulo

25 Dezembro 2016 | 10h22

MOSCOU - O presidente russo, Vladimir Putin, decretou um dia de luto nacional em memória das vítimas do avião militar que caiu no mar com 92 pessoas a bordo neste domingo. Aparentemente não houve sobreviventes na queda do Tu-154 operado pelo Ministério da Defesa, que caiu no Mar Negro neste domingo minutos após decolar de Sochi.

A aeronave levava membros de um famoso coro do Exército russo para um concerto de Ano Novo em uma base militar russa na Síria. Ainda não se sabe a causa do acidente.

Putin, em declarações veiculadas pela televisão russa, anunciou que haverá um dia de luto na segunda-feira. Ele disse que o governo realizará uma investigação abrangente dos motivos da queda e que fará de tudo para apoiar as famílias das vítimas. AP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.