Putin diz que aceita disputar presidência russa

Medvedev apoia nome de ex-presidente e deve concorrer a premiê.

BBC Brasil, BBC

24 Setembro 2011 | 11h54

O premiê russo, Vladimir Putin, disse neste sábado que aceita a proposta de disputar o cargo de presidnte do país em março do ano que vem.

Falando ao congresso anual do partido Rússia Unida, Putin e o atual presidente russo, Dmitry Medvedev, anunciaram que vão se apoiar para trocar de posições.

Com o anúncio termina a especulação sobre qual deles tentará a presidência russa em 2012.

O partido domina a política russa e analistas dizem que o retorno de Putin ao Kremlin está agora garantido.

Ele já serviu dois mandatos como presidente antes de Medvedev assumir em 2008. As leis russas proíbem um terceiro mandato consecutivo.

"Agradeço a reação positiva sobre eu disputar o cargo de presidente russo. Para mim, é uma grande honra", disse ele após Medvedev sugerir que ele fosse o candidato.

Putin havia dito a delegados que Medvedev deveria liderar a lista de candidatos do partido que vão disputar as eleições parlamentares de dezembro. Medvedev aceitou.

O partido precisa agora nomear formalmente seu candidato, mas os nomes parecem decidos após a ovação ocorrida após a proposta de Medvedev.

Correspondentes dizem que a maioria dos russos acredita que Putin tem mais influencia e poder no país do que Medvedev. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.