Putin e Bush ordenam revisão de tratado de desarmamento

Os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e dos Estados Unidos, George W. Bush, ordenaram a revisão do cumprimento do Tratado de redução de armamento estratégico Start-1, que expira em 2009.O anúncio foi feito pelo chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, após reunir-se hoje com a secretária de Estado, Condoleezza Rice, pouco antes do começo da cúpula do Grupo dos Oito (G8) em São Petersburgo.Lavrov disse que a revisão do Tratado de redução de armas estratégicas ofensivas "permitirá a analistas russos e americanos informar a seus dirigentes quais estratégias ficaram antiquadas, quais mantêm seu vigor e quais necessitam ser ajustadas"."Ambas as partes são conscientes da responsabilidade pela manutenção da estabilidade estratégica no mundo e esperamos que a revisão do Start-1 contribua para este objetivo e sirva aos interesses da Rússia e dos EUA", afirmou o ministro russo.A Rússia pretende convencer os Estados Unidos a substituir o Start-1, que expira em 2009, por um novo acordo bilateral de desarmamento atômico, além de impedir uma corrida armamentista no exterior.O chefe da diplomacia russa também disse que as iniciativas aprovadas neste sábado por Putin e Bush sobre a luta contra o terrorismo nuclear e a cooperação no uso pacífico da energia atômica servem ao objetivo comum de reforçar a estabilidade global.Lavrov afirmou que a cúpula do G8 discutirá hoje "uma série de assuntos relacionados com a não-proliferação das armas de extermínio", e que todos estes esforços "contribuirão para fortalecer a segurança global e evitar uma nova corrida por armamentos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.