Putin faz apelo por liderança da ONU no Iraque

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse à Assembléia-Geral das Nações Unidas que o Iraque não encontrará um ?lugar de valor? na comunidade internacional se a ONU não tiver um papel de liderança na reconstrução do país. Putin não mencionou os EUA diretamente, mas iniciou e encerrou seu discurso chamando atenção para a importância da ONU, e disse que países poderosos têm o dever de trabalhar dentro da organização. Putin disse que as Nações Unidas são ?obviamente insubstituíveis? na liderança da restauração da ordem no Iraque e foi um passo além, dando a entender que os Estados Unidos e seus aliados na invasão do Iraque arriscaram-se a minar a autoridade da organização internacional. ?Ouvimos com freqüência que os países desenvolvidos têm uma responsabilidade especial pelo destino do mundo, mas essa liderança implica grandes obrigações, principalmente ver que os interesses da comunidade internacional, como um todo, são refletidos?, disse o presidente russo.

Agencia Estado,

25 Setembro 2003 | 14h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.