Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
EFE/Sergei Chirikov
EFE/Sergei Chirikov

Putin inaugura monumento a Vladimir I, cristianizador da Rússia

São Vladimir, que governou o reino medieval com capital em Kiev desde 972 até sua morte em 1015, passou à história tanto como 'um conquistador quanto defensor do território russo'

O Estado de S. Paulo

04 de novembro de 2016 | 16h42

MOSCOU - O presidente russo, Vladimir Putin, inaugurou nesta sexta-feira, 4, na frente do Kremlin, um monumento a Vladimir I, que cristianizou em 988 a Rus de Kiev, reino eslavo considerado precursor do atual Estado russo.

Por ocasião do Dia da União, o feriado nacional que substituiu o 7 de novembro - aniversário da Revolução Bolchevique -, Putin destacou a grande importância para todos os russos da primeira estátua erguida em homenagem a São Vladimir no país.

"Este monumento é em memória de nosso importante antepassado, considerado santo, líder e guerreiro, além de fundador espiritual do Estado russo", disse Putin, em meio a uma nevasca.

O presidente lembrou que Vladimir, que governou o reino medieval com capital em Kiev desde 972 até sua morte em 1015, passou à história tanto como "um conquistador quanto defensor do território russo". A cerimônia de inauguração também teve a participação do primeiro-ministro russo, Dimitri Medvedev; da viúva do prêmio Nobel de Literatura Alexandr Solzhenitsyn, Natalia Solzhenitsyn; e do patriarca da Igreja Ortodoxa Russa, Kirill, que consagrou o monumento.

A instalação esteve cercada de polêmicas, já que protestos obrigaram o adiamento da inauguração em um ano, que aconteceria quando a morte do príncipe completou um milênio, e a mudança de local, que seria inicialmente a porta da Universidade de Moscou. Após uma pesquisa feita com a população, optou-se por fazer um monumento de 16 metros de altura na Praça Borovitskaya, situada em frente ao Kremlin e não muito longe do Rio Moscou, olhando à Catedral de Cristo Salvador.

Vladimir é um personagem crucial na história russa, já que adotou a fé cristã ao se batizar na Península da Crimeia, por influência de sua avó Olga e para se casar com Ana, a irmã do imperador de Constantinopla, Basílio II. / EFE

 

Tudo o que sabemos sobre:
Vladimir Putin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.