Putin lidera ranking da Forbes; Dilma cai 11 posições

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, lidera pelo segundo ano consecutivo a lista das pessoas mais poderosas do mundo elaborada pela Revista Forbes. O líder russo manteve-se mais uma vez à frente do presidente dos EUA, Barack Obama, que ocupa o segundo lugar. A presidente Dilma Rousseff, enquanto isso, caiu onze posições desde a lista do ano passado e agora ocupa o 31º lugar do ranking.

RENATO OSELAME, Estadão Conteúdo

05 Novembro 2014 | 16h30

Putin foi considerado mais poderoso que Obama pelo controle que exerce sobre a Rússia. O país possui um forte Exército, armas nucleares e é rico em fontes de energia, além de ser uma das maiores potências mundiais. Obama, por sua vez, é chefe do país mais importante do mundo, mas exerce sua liderança de mãos atadas. Nesta quarta-feira, o presidente ainda sofreu uma nova derrota ao assistir os republicanos conquistarem a maioria dos assentos no Senado. Obama agora terá de governar pela primeira vez sem o apoio do Congresso.

A lista da Forbes também mostrou a presidente Dilma Rousseff sendo ultrapassada por Janet Yellen, presidente do Federal Reserve (o banco central norte-americano), e deixou de ser a segunda mulher mais poderosa do mundo. Yellen, que entrou na lista pela primeira vez no ano passado, ascendeu meteoricamente da última posição para o 6º lugar do ranking. A presidente do Fed é figura fundamental nas decisões de política monetária dos Estados Unidos, que têm fortes reflexos sobre a economia mundial.

Dentre as mulheres que integram o ranking, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, ocupa a quinta posição. A lista ainda inclui Christine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), na 33ª colocação; Park Geun-hye, presidente da Coreia do Sul (46ª); Ginni Rometty, CEO da IBM (55ª); e Mary Barra, presidente da General Motors (62ª).

Os principais estreantes da lista deste ano são Jack Ma, diretor executivo do Alibaba Group e homem mais rico da China, e Ma Huateng, fundador da Tencent. Eles ocupam a 30ª e a 53ª colocação, respectivamente.

A lista de 72 personalidades inclui 17 chefes de Estado cujos Produtos Internos Brutos (PIB) somam US$ 48 trilhões e 39 CEOs e presidentes de empresas que têm mais de US$ 3,6 trilhões em receitas anuais.

Confira os top 10:

1) Vladimir Putin, presidente da Rússia

2) Barack Obama, presidente dos Estados Unidos

3) Xi Jinping, presidente da China e secretário-geral do Partido Comunista

4) Papa Francisco

5) Angela Merkel, chanceler da Alemanha

6) Janet Yellen, presidente do Federal Reserve

7) Bill Gates, cofundador da Microsoft

8) Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE)

9) Larry Page e Sergey Brin, fundadores do Google

10) David Cameron, primeiro-ministro do Reino Unido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.