Putin pede decisão rápida da ONU sobre o Iraque

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, aproveitou uma reunião com o primeiro-ministro alemão, Gerhard Schroeder, para pedir a aprovação rápida de uma resolução das Nações Unidas sobre o Iraque. Putin criticou líderes da União Européia que exigem que a Rússia baixe seus preços de exportação de petróleo e gás para aderir à Organização Mundial do Comércio.Exceto pela crítica aos ?burocratas da UE?, a reunião foi mais uma demonstração dos laços fortes entre Alemanha e Rússia e entre Putin e Schroeder, que se aproximaram ainda mais neste ano, por conta da oposição à invasão do Iraque.Ambos os líderes repetiram a exortação por uma maior participação da ONU no Iraque, e o presidente russo disse que gostaria de ver a resolução proposta pelos EUA, atualmente sob análise no Conselho de Segurança, aprovada antes de 23 de outubro. Schroeder disse que ele e Putin ?concordam com a meta? da resolução, que dividiu opiniões no Conselho por manter o poder no Iraque ainda muito concentrado nas autoridades americanas. O primeiro-ministro disse que a transferência de soberania de volta aos iraquianos deve ocorrer ?passo a passo e de maneira realista, mas determinada?.

Agencia Estado,

09 de outubro de 2003 | 14h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.