Putin quer devolver dossiê nuclear iraniano à AIEA

O presidente russo, Vladimir Putin, defendeu nesta terça-feira que o dossiê nuclear iraniano seja devolvido à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e prometeu levar em conta os interesses econômicos da Itália no Irã durante o processo de negociações. Putin fez as observações durante encontro com o premier italiano Romano Prodi em Moscou."O problema nuclear iraniano já é debatido no Conselho deSegurança da ONU, mas nossa tarefa consiste em aproveitar as negociações dos seis mediadores internacionais com o Irã para devolver este processo à AIEA", disse Putin em uma coletiva de imprensa com Prodi, em Moscou.Putin acrescentou que durante seu encontro com o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, no último dia 15 em Xangai, este "confirmou a ele que isto é bem possível".O presidente russo, cujo país faz parte do grupo de seis mediadores internacionais na crise iraniana (os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança mais a Alemanha), prometeu que a Rússia levará em conta os interesses econômicos que a Itália tem no Irã durante asnegociações com Teerã.Interesses italianos "O Irã é um parceiro muito importante para a Itália, pois os dois países têm um grande volume de vínculos comerciais; por outro lado, a Itália é um dos principais sócios da Rússia no mundo", afirmou o líder russo, citado pela agência Interfax.Portanto, "a Rússia, na hora de formular sua postura (e asnegociações com Irã), levará em conta a posição da Itália", disse.Prodi informou que decidiu com Putin "criar um mecanismobilateral de consultas" sobre a situação acerca do polêmico programa nuclear iraniano "para coordenar os esforços e resolver esta crise"."O Irã é o parceiro comercial número um da Itália e, mesmo não fazendo parte do grupo dos seis, embora tenhamos interesses vitais no país, estamos muito interessados em nos manter informados sobre o processo negociador", ressaltou o primeiro-ministro italiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.