Putin: "Senti uma vontade urgente de abraçá-lo como um gatinho"

Durante uma rodada de perguntas sobre os mísseis da Coréia da Norte, programa nuclear iraniano e como andam as relações com os Estados Unidos, o presidente russo Vladimir Putin respondeu o que foi, para muito especialistas, a pergunta mais cáustica: O que levou o chefe do governo russo a beijar a barriga de um garoto no jardim do Kremlin?As imagens transmitidas pelas redes de televisão russas, no dia 28 de junho, logo se proliferaram por toda a internet e os tablóides russos estamparam em suas capas no dia seguinte. A questão foi uma das mais populares entre os milhares de e-mails e salas de bate-papo, que foram patrocinados pela BBC e pela ferramenta de pesquisa russa Yandex.ru.No vídeo, Putin, de 53 anos, aparece andando entre uma pequena multidão de turistas no jardim do Kremlin. Então, o governante se ajoelha em frente a um garoto. Enquanto o presidente conversa com o garoto por alguns segundos ele levanta a camiseta da criança e beija sua barriga despida.Quando questionado sobre o que motivou, Putin respondeu sorrindo: "Ele me pareceu muito independente, muito sério, mas ao mesmo tempo ele estava o tempo todo vulnerável. Ele foi muito amável. Serei honesto, senti uma vontade urgente de o abraçar como um gatinho e isso que me levou a fazer o que fiz, nada além disso."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.