Putin: Snowden não deve prejudicar relações com EUA

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que o ex-agente norte-americano Edward Snowden foi alertado contra tomar qualquer ação que poderia prejudicar as relação entre Moscou e Washington.

AE, Agência Estado

17 de julho de 2013 | 07h44

Em uma visita à cidade siberiana de Chita na quarta-feira, Putin disse que Snowden foi alertado "que todas as ações tomadas por ele ligadas a prejudicar as relações russo-americanas são inaceitáveis", de acordo com agências de notícias russas.

Snowden solicitou asilo temporário a Rússia, três semanas depois de chegar a um aeroporto em Moscou, vindo de Hong Kong. Os Estados Unidos querem que ele seja mandado de volta para território norte-americano para ser julgado por espionagem.

Conceder asilo a Snowden poderia aumentar tensões nas relações entre EUA e Rússia, que já estão abaladas por críticas sobre a pressão da Rússia contra grupos de oposição, por suspeita russas sobre planos de mísseis de defesa dos EUA e a resistência da Rússia em impor sanções contra o regime do presidente sírio, Bashar Assad. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
rússiasnowden

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.