Sputnik/Aleksey Nikolskyi/Kremlin/ Reuters
Sputnik/Aleksey Nikolskyi/Kremlin/ Reuters

Putin toca piano durante espera de reunião com presidente chinês

Líder russo tocou músicas populares sobre Moscou e São Petersburgo

EFE

14 Maio 2017 | 17h33

Entre os debates sobre projetos de infraestrutura e as reuniões bilaterais que acontecem neste domingo no Fórum de Cooperação das Novas Rotas da Seda em Pequim, na China, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, encontrou tempo para se divertir e deleitar seus acompanhantes com uma improvisação ao piano.

Se na cúpula da Apec em 2014 o ex-agente da KGB já havia monopolizado o foco das atenções ao cobrir a primeira dama da China com seu paletó, hoje o chefe de Estado russo o fez com seus dotes musicais.

Pouco antes de seu discurso na abertura do fórum, Putin se deslocou até a residência de líderes estrangeiros de Diaoyutai para manter reuniões com diversos governantes e, ali, se deparou com um piano de cauda.

À espera de que o anfitrião chinês, Xi Jinping, chegasse, o presidente russo deixou de lado os documentos que estava revisando sobre seus encontros e decidiu sentar-se ao instrumento e tocar.

"Janelas de Moscou" e "A Cidade sobre o Livre Neva" foram as melodias escolhidas, duas canções populares sobre Moscou e São Petersburgo que o político russo não chegou a terminar.

Após pouco mais de um minuto, e sorrindo para as câmeras, o presidente deu sua apresentação por terminada, um breve concerto que já lhe rendeu muitos elogios na internet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.