Sputnik/Aleksey Nikolskyi/Kremlin/ Reuters
Sputnik/Aleksey Nikolskyi/Kremlin/ Reuters

Putin toca piano durante espera de reunião com presidente chinês

Líder russo tocou músicas populares sobre Moscou e São Petersburgo

EFE

14 de maio de 2017 | 17h33

Entre os debates sobre projetos de infraestrutura e as reuniões bilaterais que acontecem neste domingo no Fórum de Cooperação das Novas Rotas da Seda em Pequim, na China, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, encontrou tempo para se divertir e deleitar seus acompanhantes com uma improvisação ao piano.

Se na cúpula da Apec em 2014 o ex-agente da KGB já havia monopolizado o foco das atenções ao cobrir a primeira dama da China com seu paletó, hoje o chefe de Estado russo o fez com seus dotes musicais.

Pouco antes de seu discurso na abertura do fórum, Putin se deslocou até a residência de líderes estrangeiros de Diaoyutai para manter reuniões com diversos governantes e, ali, se deparou com um piano de cauda.

À espera de que o anfitrião chinês, Xi Jinping, chegasse, o presidente russo deixou de lado os documentos que estava revisando sobre seus encontros e decidiu sentar-se ao instrumento e tocar.

"Janelas de Moscou" e "A Cidade sobre o Livre Neva" foram as melodias escolhidas, duas canções populares sobre Moscou e São Petersburgo que o político russo não chegou a terminar.

Após pouco mais de um minuto, e sorrindo para as câmeras, o presidente deu sua apresentação por terminada, um breve concerto que já lhe rendeu muitos elogios na internet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.