Putin voa de ultraleve perto de garças siberianas

A presidente da Rússia, Vladimir Putin, de 59 anos, protagonizou um voo de ultraleve na quarta-feira, supostamente para ajudar as jovens garças siberianas a aprenderem como imigrar - o mandatário russo gosta de exibir uma imagem de esportista. A mídia russa mostra o presidente como excepcionalmente forte e apenas como um cidadão simples que gosta de lembrar dos seus tempos de proletário, indo à caça ou à pesca, ou então nadando nos rios gelados da Sibéria. Antes de entrar na política em 1991, Putin foi militar.

AE, Agência Estado

06 de setembro de 2012 | 19h17

Mas o voo com o ultraleve na Sibéria na quarta-feira também teve como objetivo aparente mostrar Putin um homem preocupado com a ecologia. Os críticos não ficaram convencidos.

"Ele governa o país há 12 anos, mas sua lista de fantasias nunca acaba", disse Anton Orekh, comentarista político na rádio Moskvy. "Isso me faz pensar que ele realizou todos os seus sonhos e agora está só lutando contra o tédio".

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.