Pyongyang acena com fim de projeto nuclear

A Coreia do Norte anunciou ontem estar disposta a abrir mão de seu programa nuclear, caso o presidente americano, Barack Obama, aceite normalizar relações diplomáticas com Pyongyang, segundo o jornal norte-coreano Choson Sinbo, que tem sede no Japão, mas controlado pelo governo comunista de Kim Jong-il.Além dos Estados Unidos, os governos do Japão, da Rússia e da China têm tentado há anos persuadir e pressionar a Coreia do Norte a abandonar seu programa nuclear. Um acordo firmado em 2007 previa o desmantelamento das instalações atômicas em troca de alimentos, mas o processo foi interrompido em agosto diante de um novo impasse diplomático."É muito cedo para prever se a administração Obama endossará a posse nuclear norte-coreana ou se tentará conseguir a desnuclearização por meio da normalização das relações diplomáticas", disse o jornal. "Mas o que é certo é que o lado norte-coreano está pronto para lidar com qualquer escolha tomada pela nação inimiga." Os textos publicados no jornal são considerados reflexo das posições oficiais do regime de Pyongyang.IRÃOntem, o jornal britânico The Guardian publicou mais uma reportagem reiterando a informação de que a nova administração da Casa Branca estaria disposta a estabelecer um canal de diálogo direto com o presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad.As negociações com Teerã são consideradas um dos pontos mais delicados da política externa de Obama.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.