Pyongyang critica ´repressão´ contra grupos pró-Coréia

O Ministério de Exteriores da Coréia do Norte classificou como "repressão" a posição do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, a respeito dos grupos pró Pyongyang no Japão, informou nesta segunda-feira a Agência de Notícias Central da Coréia (KCNA).A pouco habitual crítica norte-coreana ao primeiro-ministro japonês aconteceu antes dos contatos de normalização das relações acordados nas conversas de seis lados realizadas em Pequim na semana passada. A agência oficial norte-coreana referiu-se às recentesinvestigações no Japão acerca da "Associação Geral de Residentes Coreanos no Japão" em relação a supostas irregularidades em sua contabilidade. De acordo com Pyongyang, os norte-coreanos nunca permanecerãocomo espectadores passivos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.