Pyongyang está pronta para negociações nucleares, diz Rússia

Ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, fez declaração depois de reunião com enviado norte-coreano

O Estado de S. Paulo

20 de novembro de 2014 | 14h25

MOSCOU - A Coreia do Norte está pronta para retomar as negociações internacionais sobre seu programa nuclear, afirmou nesta quinta-feira o ministro de Relações Exteriores russo, Sergey Lavrov.

As declarações de Lavrov foram feitas depois de uma reunião como Choe Ryong Hae, enviado especial a Moscou do líder norte-coreano Kim Jong Un. Hae entregou, no início desta semana, uma carta que Kim escreveu a Putin.

Há muito tempo a Coreia do Norte quer retomar as negociações, mas Estado Unidos, Japão e Coreia do Sul dizem que o país precisa, primeiro, honrar seus compromissos anteriores de encerra seu programa nuclear.

Lavrov disse que a carta de Kim confirma o desejo de expandir as relações bilaterais e "cooperar na resolução dos problemas que ainda permanecem na Península Coreana".

Ele disse que Pyongyang está pronta para retomar as conversações nucleares de seis partes, que envolvem as duas Coreias, Estados Unidos, China, Japão e Rússia. As negociações sobre o desmantelamento do programa nuclear de Pyongyang foram interrompidas depois de a Coreia do Norte ter realizado testes nucleares e com mísseis.

"Pyongyang está pronta para a retomada das negociações de seis partes sem qualquer precondição", afirmou Lavrov. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.