Pyongyang ignora prazo dado por Seul para negociações

A Coreia do Sul disse que Pyongyang ignorou o prazo dado por Seul para responder a uma demanda de negociações sobre o parque industrial intercoreano de Kaesong.

AE, Agência Estado

26 de abril de 2013 | 02h37

O porta-voz do Ministério de Unificação, Kim Hyung-suk, disse nesta sexta-feira que Seul está considerando contramedidas, mas se recusou a dar mais detalhes.

Pyongyang proibiu a entrada de gerentes e cargas da Coreia do Sul no complexo industrial de Kaesong, na Coreia do Norte, neste mês e retirou 53 mil trabalhadores norte-coreanos do local.

Seul havia prometido tomar sérias medidas se Pyongyang não respondesse a demanda de negociações até o meio-dia desta sexta-feira (horário local; 0h em Brasília). As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
COREIASCOMPLEXO INDUSTRIAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.