Pyongyang permitirá entrada de AIEA após abertura de conta

O negociador máximo de Pyongyang no diálogo nuclear, Kim Kye-gwan, se mostrou nesta segunda-feira, 9, disposto a permitir a entrada dos inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) assim que fique solucionado o problema do envio de fundos norte-coreanos depositados em um banco de Macau.Kim fez estas declarações durante uma reunião com o governador do Novo México (EUA), Bill Richardson, que chegou neste domingo à capital norte-coreana, segundo a Agência Central de Notícias da Coréia do Norte (KCNA).Richardson visita Pyongyang para tentar repatriar os restos de soldados americanos mortos durante a Guerra da Coréia (1950-1953).Segundo a emissora de TV sul-coreana YTN, o governador do Novo México, candidato presidencial democrata, transmitiu a Pyongyang a necessidade de retomar as conversas multilaterais sobre a crise nuclear antes que vença o prazo estipulado há dois meses em Pequim.No dia 13 de fevereiro, o governo norte-coreano se comprometeu a fechar seu reator nuclear de Yongbyon em 60 dias, em troca de ajudas internacionais em forma de energia procedentes de Coréia do Sul, EUA, China, Japão e Rússia.No entanto, o problema da transferência de US$ 25 milhões do país comunista depositados no Banco Delta Asia da região administrativa especial chinesa de Macau está atrasando o processo.Estes fundos, congelados durante 19 meses pelos Estados Unidos, foram descongelados em 19 de março, mas seguem sem ser transferidos por causa de problemas técnicos.Pyongyang insiste em que só começará a desmantelar seus programas nucleares quando a transferência estiver completa.As autoridades de Washington tinham anunciado na semana passada que uma comitiva encabeçada por Richardson viajaria à capital norte-coreana a convite do regime comunista, a fim de facilitar o retorno dos restos dos soldados mortos durante a Guerra da Coréia.Apesar do motivo da viagem ser este, analistas sul-coreanos não descartam que Richardson se reunirá com o líder norte-coreano, Kim Jong-il.Richardson deve chegar na quarta-feira a Seul antes de retornar aos EUA na quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.