Pyongyang reabre linha direta militar com o Sul

O governo da Coreia do Norte disse ontem que reabrirá hoje a linha direta militar com a Coreia do Sul. A linha é a única conexão telefônica entre as duas Coreias e estava desligada desde o início do mês. O anúncio sugere que o país comunista pode suavizar sua dura retórica antes do lançamento, agendado para o início de abril, de um satélite, que os EUA suspeitam ser um míssil de longo alcance. A linha será reaberta um dia após soldados americanos e sul-coreanos encerrarem exercícios anuais de defesa, que Pyongyang qualificou de "preparo para uma invasão". A Coreia do Norte não atendia aos chamados na linha direta desde o início dos treinamentos, no dia 9.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.